Arquitectura adaptativa impacta na Trienal Sharjah 2023

Colaborando com profissionais cujos discursos arquitectónicos se alinham ao tema, a exposição reúne figuras multidisciplinares aclamadas globalmente, dirigindo grandes atenções para a Trienal de Arquitectura 2023 que irá até Março de 2024.

Abrangendo cinco locais principais, incluindo a Escola Al Qasimiyah, o antigo mercado de Al Jubail e o antigo matadouro, a Área Industrial 5, o Shopping de Sharjah e Al Madam, a trienal apresenta instalações integradas de forma harmoniosa em suas respectivas localidades, levantando a questão do que significa ser local em um mundo globalizado. A intenção da curadoria é dar importância ao contexto local e a necessidade de ir além de uma abordagem monocultural global para o urbanismo e a arquitectura.

Uma das participações destacadas na Trienal de Arquitetura de Sharjah 2023 é da Cave_bureau, o escritório de arquitectos e pesquisadores com sede em Nairobi, que desenvolveu sua nona edição da série de pesquisas do Museu do Antropoceno. Situada no antigo matadouro de Sharjah, a intervenção está centrada nos animais consumidos na cidade, muitas vezes sem considerar as suas origens ou a forma como são processados.

Participantes notáveis incluem DAAR – Sandi Hilal & Alessandro Petti, ganhadores do Leão de Ouro de Melhor Participação na Bienal de Veneza de 2023, Olalekan Jeyifous, homenageado com o Leão de Prata para jovens participantes promissores na Exposição Internacional, o arquitecto por trás do próximo Museum of the Incense Road em Al Ula e dos Portais de Entrada “Mashrabiya” da Expo 2020 Dubai, Sumaya Dabbagh, diretora da Dabbagh Architects, indicada ao Prêmio Aga Khan em 2018, entre outros.

Artigos relacionados

BOLETIM SEMANAL!

Radar

Nossas melhores ideias, novidades, tendências, e pensamentos.

PT / ENG

+