Jovens engenheiras da Tunísia inventam cadeira de rodas inteligente

Um sistema de cadeira de rodas inteligente construído por uma equipa de jovens engenheiras tunisinas chegou à final de um prestigiado prémio para inventores europeus.

O projecto que se chama Moovobrain, permite que usuários de cadeiras de rodas se movam por meio de touchpad, comando de voz, gestos faciais ou, o mais impressionante, um fone de ouvido que detecta seus sinais cerebrais.

Moovobrain foi selecionado entre mais de 550 candidatos para a etapa final do Prémio Jovens Inventores, lançado pelo Instituto Europeu de Patentes em 2021.

Este ano marca “a primeira vez que uma selecção tunisina e árabe chega à fase final” da competição internacional, de acordo com a organização.

A equipa feminina competirá contra outras duas finalistas, da Holanda e da Ucrânia, pelo prémio principal no dia 9 de julho, em Malta.

A inspiração para o aplicativo Moovobrain veio primeiro do cofundador Souleima Ben Temime, 28, cujo tio foi “forçado a usar uma cadeira de rodas para se mover” depois que a parte superior do corpo ficou paralisada. As quatro inventoras conheceram-se no Instituto Superior de Ciências Médicas de Túnis, onde começaram a desenvolver o protótipo Moovobrain em 2017, antes de criarem a start-up de tecnologia da saúde Gewinner dois anos depois.

Artigos relacionados

BOLETIM SEMANAL!

Radar

Nossas melhores ideias, novidades, tendências, e pensamentos.

PT / ENG

+