Yara Costa vence Prémio de Mentoria para Respostas Culturais e Artísticas à Crise Ambiental

O Fundo Príncipe Claus, em colaboração com o Goethe-Institut anunciou os 12 vencedores do Prémio Mentoria 2023: Respostas Culturais e Artísticas à Crise Ambiental. Entre os vencedores, está a moçambicana Yara Costa que é artista, cineasta e contadora de histórias, baseada na Ilha de Moçambique.

Empregando uma variedade de meios, como filme, podcast, áudio espacial, VR/XR e experiências de exposição imersivas, Yara Costa quer criar intervenções artísticas e culturais engajadas e socialmente transformadoras, alertando para a necessidade urgente de focar novamente nas tradições orais locais, buscando soluções compartilhadas a alguns dos desafios mais significativos enfrentados actualmente.

O Prémio de Mentoria para Respostas Culturais e Artísticas à Crise Ambiental reúne 12 artistas e profissionais culturais em meio de carreira de todo o mundo num programa interdisciplinar de um ano com foco na justiça climática e na ligação entre a crise climática e a crise social, questões raciais e ambientais nas quais está profundamente enredado. 

O grupo é apoiado por cinco mentores, bem como pelos seus pares, e trabalha para acelerar as suas práticas comunitárias engajadas que abordam questões ambientais. Os participantes deste ano que vem de países como Argélia, China, Colômbia, Equador, Egipto, Gana, Índia, Indonésia, Malásia, Palestina, África do Sul e Moçambique, trabalham em diversas disciplinas, desde arquitetura, fotografia e artes visuais até biotecnologia, arte sonora e pesquisa, a maioria abrangendo múltiplas práticas. 

Artigos relacionados

BOLETIM SEMANAL!

Radar

Nossas melhores ideias, novidades, tendências, e pensamentos.

PT / ENG

+