Reimaginando o futuro da energia solar.

Um grupo de cientistas do Laboratório Cavendish e da AMOLF (Amsterdam NL) descobriu que melhorar a eficiência das células solares concentrando mais luz solar nelas, é mais difícil do que poderia se pensar, mas descobriu outros caminhos pelos quais poderia ser possível melhorar captação de energia solar em qualquer lugar do planeta.

Os pesquisadores estavam interessados ​​em descobrir se as células solares, dispositivos que transformam a luz solar em eletricidade, poderiam ser ajustadas para funcionar melhor em diferentes partes do mundo onde a concentração de luz solar pode ser maior. Para examinar isso, eles usaram modelos de aprendizado de máquina e redes neurais (IA) para entender como a radiação solar se comportaria em diferentes pontos da Terra.

Eles integraram esses dados em um modelo eletrônico para calcular a produção das células solares. Ao simular vários cenários, eles puderam prever quanta energia as células solares poderiam produzir em vários locais do mundo.

Assim, os painéis solares podem flexionar e dobrar como origami ou tornar-se parcialmente transparentes para se integrarem perfeitamente ao ambiente e torná-los fáceis de instalar. Ao aumentar a durabilidade e versatilidade destes painéis, estes poderão ser integrados numa vasta gama de ambientes, prometendo longevidade e eficiência.

Artigos relacionados

BOLETIM SEMANAL!

Radar

Nossas melhores ideias, novidades, tendências, e pensamentos.

PT / ENG

+